04 / 04 / 2017

Acura MDX Sport híbrido: a evolução do bom SUV japonês

04_a mdx 01

A Acura (marca subsidiária da Honda) acabou de apresentar ao mercado norte-americano o seu novo SUV MDX híbrido. O utilitário esportivo adota o mesmo esquema de ´powertrain´ (com 1 motor a gasolina + 3 motores elétricos) já experimentado com sucesso no sedã RLX e no supercarro híbrido NSX. A diferença é que nesse automóvel o esquema de engenharia é invertido, com os dois motores elétricos posicionados no eixo traseiro, dispensando assim um diferencial para a tração nessas rodas; e mais um propulsor elétrico na dianteira, que auxilia o motor V6 à combustão.

04_a mdx 02 04_a mdx 03

Preço & mercado >> O modelo comercializado por US$ 52.000 nos EUA, custa apenas US$ 1.500 a mais do que a versão movida puramente a gasolina e chega a ser 30% mais econômico em relação ao carro original. Entre o início de 2015 e o final do primeiro trimestre de 2017, houve praticamente um aumento de 100% na procura por SUVs familiares nos Estados Unidos. Visando essa fatia, a Acura oferece essa nova configuração híbrida com três fileiras de assentos (sete lugares).

04_a mdx 04

Esquema técnico >> Os dois propulsores elétricos da traseira oferecem 72 hp de potência. A unidade elétrica frontal tem mais 47 cv e o motor tradicional (3.0/V6 aspirado movido a gasolina e também montado na dianteira) doa mais 257 hp. No total a ´potência combinada de saída´ (como dizem os engenheiros de projetos de carros híbridos) é de 321 hp ao invés de 376 hp como seria a soma comum dessas três medidas citadas. A força é administrada por uma transmissão automática de dupla embreagem de 7 velocidades.

04_a mdx 05

Mais tecnologia >> O “Sistema Dinâmico Integrado” da Acura oferece no MDX Sport híbrido, vários esquemas diferentes de possibilidades de comportamentos na aceleração, direção, transmissão e amortecedores, para fornecer ao motorista uma gama expandida de características de desempenho selecionáveis, atendendo variadas necessidades e desejos de condução.

04_a mdx 06 04_a mdx 07

Interior >> Há duas configurações no catálogo do Acura MDX Sport híbrido: uma prioriza o alto nível de tecnologia embarcada e a outra (com apenas 6 lugares) enfatiza o luxo e o espaço interno, com poltronas maiores, acabamento em madeira de alta qualidade, couro, teto solar e consoles especiais.

04_a mdx 08 04_a mdx 09

Performance >> A máquina nipônica funciona como um grande computador administrado por uma central de preferências do condutor. Seu chassi pode receber quatro tipos de “ordens”: Conforto (que reduz o esforço da direção e suaviza a resposta do acelerador); Normal (ajusta o desempenho com um novo mapeamento do acelerador, suspensão e torque); Sport (fornece um amortecimento mais firme para um manuseio mais esportivo, ajusta a direção deixando-a mais pesada e aumenta o torque) e ´Sport +´ (que maximiza o desempenho do grupo motopropulsor nos arranques, desativa a condução puramente elétrica, muda o comportamento da transmissão e o mapeamento do acelerador).

04_a mdx 10

Frigir dos ovos >> O novo SUV da Acura aparece no showroom para comprovar uma nova tendência que o público global ainda não se deu conta. O modelo tem exatamente a mesma performance da versão movida puramente a gasolina, mas oferece uma economia de combustível significativa (entre 28 e 30%). Ademais, a diferença de preço entre as duas configurações, como citei no início, é mínima, sendo atenuada em pouco tempo de uso.

04_a mdx 11

Como tenho dito nos últimos três anos, todas as grandes marcas que não oferecerem opções híbridas ou puramente elétricas, ficarão pra trás. Usar carros híbridos e/ou 100% elétricos não é mais uma questão apenas de charme de alguns astros hollywwodianos que querem parecer mais amigáveis com o meio ambiente. Faz parte de um novo contexto, que mexe com o bolso e a consciência de pessoas comuns. (Fotos: divulgação) 

04_a mdx 12

Deixe seu comentário