28 / 08 / 2018

Citroën C4 Cactus: um ´chega pra lá´ radical na mesmice!

28_cc4c 01

A Citroën lançou oficialmente no mercado brasileiro nesta terça-feira (28/8) o C4 Cactus, seu mais novo SUV. O modelo é, sem a menor dúvida, o carro mais completo e bem feito pela marca francesa aqui no Brasil até hoje.

28_cc4c 02

Fabricado em Porto Real (RJ), o C4 Cactus (que custa entre R$ 68.990 e R$ 98.980) terá sete utilitários esportivos como oponentes diretos: Jeep Renegade, Nissan Kicks, Ford EcoSport, GM Tracker, Honda HR-V, Hyundai Creta e Renault Captur. Todos já bem posicionados no mercado, no entanto, nenhum deles traz pacote tecnológico tão completo quanto o do Cactus.

28_cc4c 03

Disputa >> A briga acirrada entre os SUVs continua enorme em todos os mercados do mundo e no Brasil não é diferente. A questão agora passa a ser o alto padrão de segurança e tecnologia que talvez comece a separar os ´homens dos meninos´ dentro desse ringue.

28_cc4c 04

O C4 Cactus traz a opção de sistema de frenagem automática e alerta de colisão (Active Safety Brake); alerta de saída de faixa; alerta de atenção ao condutor, assistência em subidas (hill-start assist), controle de aderência (grip control), dentre outros assistentes de condução e auxiliares de segurança e conforto.

28_cc4c 05

Conjunto >> O modelo já é montado na mais nova plataforma da Citroën. Os setores de engenharia e design foram tão hábeis e competentes no desenvolvimento do projeto para esse carro no Brasil, que ao invés de apenas uma “adaptação nacional” do C4 Cactus que já existia na Europa, o modelo preparado por aqui foi tão grandiosamente aprovado pela matriz, que servirá de base para a próxima geração do Cactus e do C4 Cross que rodam na Europa e Estados Unidos.

28_cc4c 06

Estilo e detalhes >> A Citroën enfatiza que esse modelo representa uma evolução dos moldes tradicionais que caracterizam um SUV. Concordo que ele pode até ser confundido com um monovolume, mas, de fato, tem todas as peculiaridades de um utilitário esportivo, como altura elevada do solo e ângulos amplos de ataque e saída, sem contar com a versatilidade de uso tanto em circuitos urbanos, quanto em trajetos off-road.

28_cc4c 07

O design dele, como sempre em todos os modelos Citroën, é diferente de tudo que a gente tem visto por aí. Como enfatizo no título, o conjunto é radicalmente único e, portanto, afastado da mesmice atual de formas e estilos no setor automotivo.

28_cc4c 08

Por dentro >> O habitáculo é bem espaçoso para até quatro adultos. A plataforma oferece ótima distância de entre-eixos com folga para as pernas também dos ocupantes dos assentos traseiros. Seguindo o mesmo acertado padrão Citroën de conforto interno, o C4 Cactus tem ergonomia acertadíssima, já traz a nova geração de volantes, bancos extremamente macios e muitos porta-trecos.

28_cc4c 09

O cuidado com o isolamento termo-acústico é notável em todas as faixas de rotações. E as minúcias do projeto foram levadas ao extremo. Por exemplo: o novo C4 Cactus traz com ele uma  inédita geração do pneu Pirelli P7. O composto é tradicional no mercado, só que essa versão além de ter a borracha mais macia, oferece maior silêncio de rodagem. Foi feito especialmente para o Cactus.

28_cc4c 10

Mais detalhes >> Macio, confortável e muito seguro, o C4 Cactus já é um extremo sucesso lá fora. Deverá injetar ânimo (e muito dinheiro) na rede composta por 100 concessionários aqui no Brasil.

28_cc4c 11

Bem moderno, oferece painel 100% digital, 14 opções de combinações de cores (com teto em outro tom, opcionalmente), câmera de ré, alarme perimétrico, faróis de neblina + grupos ópticos em LED, botão liga/desliga sem a necessidade da chave na ignição, câmbio automático ou manual, bancos forrados com couro, piloto automático e sistema multimídia com conjunto competente de áudio, além de compatível com celulares Apple e Android e GPS integrado ao smartphone.

28_cc4c 12

Frigir dos ovos… >> As versões de acabamento são as seguintes: Live (de entrada, 1.6/aspirado/manual por R$ 68.990); Feel (1.6/aspirado/manual por R$ 73.490); Feel Business (1.6/aspirado/aut. por R$ 79.990); Feel Pack (1.6/aut/ R$ 84.990); Shine (1.6 turbo THP/aut. R$ 94.990) e Shine Pack (topo de linha/1.6 turbo THP/aut. por R$ 98.990). Os dois motores flex são os seguintes: 1.6 de 4 cilindros aspirado (118 cv e 16,4 kgf.m de torque) e 1.6 turbo (uma joia desenvolvida em parceria com a BMW) com 173 hp de potência máxima e 24,5 kgf.m de torque. Produto nacional interessantíssimo como há muito tempo eu não testava. A marca já abre a pré-venda a partir dessa semana e promete a entrega do modelo em outubro. (Fotos: divulgação Citroën)

28_cc4c 13

Deixe seu comentário