09 / 08 / 2019

Ferrari deverá, enfim, apresentar um SUV até o final do ano

Não adianta nadar contra a maré: o mundo inteiro gosta e quer andar a bordo de utilitários esportivos. As vendas dos SUVs – de todos os preços, tamanhos e segmentos – não param de crescer. A única marca que ainda não cedeu aos encantos desses lucros certos, foi a italiana Ferrari, tradicionalíssima em fabricar superesportivos com carroceria cupê, suspensão baixa e espaço apenas para duas pessoas.

Para apresentar os resultados do 2º trimestre, a Ferrari realizou uma conferência de imprensa, aonde o seu CEO – Louis Camilleri – afirmou que em setembro próximo a empresa irá revelar dois inéditos modelos: um deles será o aguardado SUV ´Purosangue´. A chegada de um ´Sport Utility Vehicle´ ao portfólio da Ferrari será a coroação da vitória de um estilo de carroceria que se alastrou por quase todos os mercados do mundo e não parou mais de crescer. A alemã Porsche, por exemplo, sabiamente há muitos anos tomou a decisão de quebrar paradigmas, libertando-se de uma produção limitada a apenas 1 modelo (o clássico 911), partindo para a ampliação do leque de ofertas. Justamente o Cayenne (primeiro SUV da Porsche) foi o responsável por alavancar as vendas da empresa, capitalizando-a como nunca havia acontecido. A Ferrari está num momento bom, com ótimas vendas e também dando lucro, mesmo assim eles deverão se arrepender muito por não ter lançado, há mais de uma década, algum poderoso SUV. A imagem aqui divulgada, trata-se ainda de um esboço daquilo que deverá ser este aguardado esportivo italiano do construtor de Maranello. (Imagem: divulgação Ferrari / Google free royalties / Instagram: @acelerandoporai)

Deixe seu comentário