23 / 04 / 2017

Mercedes S63 AMG ganha novo motor V8 de 612 hp!

23_m s63 (1)

A Mercedes-AMG (submarca de alta performance da Mercedes-Benz) está colocando no mercado o novíssimo S63 4Matic. A principal novidade é a mudança do motor. Sai o propulsor V8 biturbo de 5.500 cilindradas e entra em cena outro V8 biturbo, agora com 4.400 cm³. Apesar do menor deslocamento, a unidade despeja 612 hp nas quatro rodas. São 27 hp a mais do que o antigo motor. Mesmo doando mais potência, o modelo está mais econômico, conseguindo uma média de 11,2 km/litro na estrada, segundo os dados da AMG.

23_m s63 (2)

Novo câmbio >> Outra mudança significativa foi a substituição do câmbio de 7 velocidades pela transmissão automática AMG Speedshift MCT 9, de nove marchas. Isso permitiu a obtenção de tempos de aceleração e respostas mais ágeis em todas as condições de dirigibilidade. Os novos faróis Multibeam LED e o spoiler frontal mais esportivo são outras alterações nesse novo Mercedes-AMG.

23_m s63 (3)

Muita força! >> O propulsor AMG 4.0/V8 biturbo entrega um absurdo torque de 91 kgf.m entre 2.750 e 4.500 rpm! A aceleração da imobilidade aos 100 km/h é feita em 3,5 segundos cravados; e a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h, mas com o opcional ´AMG Driver’s Package´, a máquina é empurrada até os 300 km/h. O responsável pela maior economia de combustível e consequente diminuição de emissões é o sistema de desativação de quatro entre os oito cilindros. Em velocidade constante de cruzeiro os cilindros de número 2, 3, 5 e 8 são desativados.

23_m s63 (4) 23_m s63 (5)

Pra quem curte detalhes técnicos, os dois turbocompressores são localizados entre o “V” dos cilindros. As vantagens desse ´Hot Inner V´ são um design mais compacto do motor e uma resposta imediata dos turbocompressores.

23_m s63 (6)

Tração integral >> A nova máquina vem de série com o sistema inteligente de tração nas quatro rodas. A divisão do torque é totalmente variável entre o eixo dianteiro e o traseiro, tudo administrado eletronicamente em milésimos de segundo, mudando a atuação de acordo com as condições de velocidade e piso (seco, molhado ou neve). A transição da tração somente na traseira para as quatro rodas, assim como a reativação dos cilindros, acontece de maneira completamente imperceptível.

23_m s63 (7)

Experiência personalizada >> O sensacional sedã (provavelmente, o melhor do mundo no seu segmento) oferece quatro modos de condução via esquema ´AMG Dynamic Select´. A partir de um botão, é possível escolher entre as variações Comfort, Sport, Sport + e Individual, que permitem ao condutor influenciar as características dinâmicas do esportivo. A partir da escolha, os parâmetros-chave (como a resposta do motor, transmissão, suspensão, direção e demais filtros eletrônicos) são alterados em nome da diversão.

23_m s63 (8)

Há, também, a opção de apertar o botão “M”, para que as mudanças de marchas sejam efetuadas exclusivamente pelas ´borboletas´ atrás do volante. Além disso, a suspensão Airmatic pode ter os ajustes de compressão e descompressão de amortecedores regulados separadamente.

23_m s63 (9)

Por dentro >> A elegância da nova linha S-AMG” também é evidente no interior. Os bancos esportivos forrados em couro têm função de memória e aquecimento. Para diferenciar o interior, os emblemas AMG são fixados na frente e na traseira dos encostos. Toques especiais incluem o emblema em relevo no apoio de braço do console central dianteiro e o relógio analógico com design exclusivo IWC, que apresenta mostrador tridimensional em metal.

23_m s63 (10)

Robusto e eficaz >> Dentro desse segmento, que engloba Audi RS6, BMW M6 e Porsche Panamera, apenas para citar alguns concorrentes fortíssimos (e todos alemães), a briga ultrapassa as questões de design e luxo e segue para quesitos mais impactantes, como a performance e a robustez. Poucos sedãs me impressionaram tanto quanto o Mercedes S63 AMG. Sua aceleração lembra uma decolagem, sem lapsos e com um ótimo nível de silêncio. Essa versão tem um ronco sensacional que pode ser alterado. Um botão no painel abre ou fecha aletas no sistema de escapamento, mudando o som da sinfonia.

23_m s63 (11)

Outro detalhe sensacional desse carro é a capacidade de frenagem. Os discos gigantescos são mordidos por seis pistões em cada roda. A frenagem é tão impressionante quanto a aceleração e os discos podem vir, opcionalmente em carbono e cerâmica. No frigir dos ovos, não há como não dar nota 10 a esse elegante sedã que se comporta como um cavalheiro nas baixas rotações e como um bicho selvagem em exigências de pilotagem mais ousadas. (Fotos: divulgação)

23_m s63 (12)

Deixe seu comentário