04 / 09 / 2018

Metamorfose russa: veja como ficará o novo Lada Niva

04_ln (1)

Você se lembra do Lada Niva que já foi vendido no Brasil? O precário ´jipinho´ soviético foi comercializado por aqui nos anos ´1990, mas já chegou ao país como produto obsoleto até mesmo lá longe, na decadente Rússia comunista.

04_ln (2)

O novo Lada Niva – exibido nesse momento no “Moscow International Auto Show 2018” – é um exemplo bem emblemático da tal globalização no setor automotivo.

04_ln (3) 04_ln (4)

Compra >> Desde o ano passado que o grupo Renault/Nissan/Mitsubishi adquiriu a marca Lada. Você sabe que a francesa Renault também comprou no passado a fabricante romena Dacia e dela se apoderou de alguns projetos que já existiam. Colocou tudo no liquidificador, deu uma melhorada e começou a vender em vários países (inclusive no Brasil) os rústicos Logan, Duster e Sandero. E assim está acontecendo, também, com a Lada.

04_ln (5)

Reformulação >> A partir da mesma estrutura do Duster (plataforma ´B-0´), o Lada Niva deverá ressurgir inicialmente no mercado da Eurásia como uma nova opção de SUV compacto. Chamado de ´Concept Vision 4X4´, o modelo tem design tão radical que se torna visualmente cansativo. Principalmente a lateral tem vincos exagerados que deixam os para-lamas excessivamente proeminentes.

04_ln (6)

No geral, o conjunto tem até modernidade nas linhas, mas é o tipo da estética ´ame ou odeie´ e não um meio termo que seja viável comercialmente agradando a maioria. Certamente haverá evolução no desenho desse carro em relação ao modelo que será fabricado.

04_ln (7)

Por dentro >> Do mesmo jeito que na carroceria, o interior é um festival de estilos que beira à breguice, com soluções que mais lembram um carro alegórico ou jogos de videogame. O conceito mostrado em Moscou exibe três telas digitais: uma para o painel de instrumentos, outra para o ambiente multimídia e mais uma para o controle do sistema de ar-condicionado. Os detalhes em laranja no tabelieur principal representam o ´grand finale´ do mau gosto.

04_ln (8) 04_ln (9)

Possível trem de força >> Como dito, a estrutura será a mesma do Duster. Na Europa ele é comercializado com o mesmo motor 1.6 de 4 cilindros do Duster brasileiro (só que não é flex) e também com uma unidade 1.5 (4 cilindros) movida a óleo diesel.

04_ln (10)

Uma das características do Lada Niva sempre foi a tração 4X4 e no novo não será diferente: ele virá com o sistema de tração da Nissan e opções de câmbio automático ou manual. Se virá ao Brasil? Só se for por importação independente, pois nNão temos representação da Lada no país nesse instante. (Fotos: divulgação Lada) 

04_ln (11)

Deixe seu comentário