08 / 05 / 2017

Vision E Concept, o 1º elétrico da centenária Skoda

08_s vc (1)

A Skoda, subsidiária da Volkswagen na República Tcheca, apresentou o ´Vision E Concept´. O modelo é uma perspectiva sobre um carro totalmente elétrico que essa marca com mais de 120 anos de existência pensa em fabricar num futuro próximo.

08_s vc (2)

Performance >> O Vision E Concept faz parte da estratégia de crescimento da empresa europeia e mantém algumas características inconfundíveis de linguagem de design da Skoda. O novo modelo é baseado no MEB (kit de eletrificação modular) do Volkswagen Group. Com dois motores elétricos, ele tem potência declarada de 225 kW, cerca de 306 cv. Isto permite que o Vision E atinja velocidade máxima de 180 km/h. Graças às eficientes baterias de íons de lítio e a um sistema inteligente de recuperação de energia dos freios, a Skoda declara que o modelo tem autonomia de 500 quilômetros.

08_s vc (3)

Dimensões >> A inédita máquina mede 4,6 m de comprimento, 1,9 m de largura e tem uma altura de 1,5 m. Devido ao espaço de sobra pela ausência de motor à combustão e da caixa de câmbio, a distância entre eixos é longa, com 2,85 m, proporcionando um interior bem generoso e confortável. A carroceria tem posição de dirigibilidade e estilo de um SUV, mas o desenho dinâmico da traseira muito lembra um cupê.

08_s vc (4)

Tecnologia >> O carro-conceito traz faróis direcionais com tecnologia Matrix LED. O controle de iluminação é conectado a uma câmera frontal para analisar a situação de tráfego. São esses dados que permitem a definição precisa da distribuição de luz em todos os momentos da condução. Perceba que o modelo elétrico não tem os pilares “B” (centrais) e também não vem equipado com espelhos retrovisores externos. Todas as imagens capturadas do lado de fora são exibidas numa tela no centro do painel. As portas traseiras (assim como a tampa do porta-malas) são acionadas eletricamente, sem a ação das mãos.

08_s vc (5)

Interior >> Por dentro, quatro assentos individuais enfatizam a modernidade do veículo. Todos eles giram em até 20 graus para o lado de fora, a fim de proporcionar mais conforto aos ocupantes na hora do desembarque. A arquitetura interna é bem limpa e clara e a ergonomia foi um ponto bastante estudado para otimizar o conforto.

08_s vc (6)

Mercado >> Mais dois detalhes finais sobre o novo Skoda. Um é o chamado “carregamento indutivo” da bateria, que dispensa o uso de cabos entre o veículo e a fonte provedora de energia. O outro é a capacidade de direção autônoma no ´nível 3´, ou seja, quando o veículo pode funcionar de forma independente em engarrafamentos, trechos de estradas com faixas nítidas no piso, no momento da baliza para o estacionamento, dentre outras situações.

08_s vc (7)

A Skoda afirma que terá cinco carros totalmente elétricos no seu portfólio até 2025 e que acredita que, a partir desse ponto em diante, um em cada quatro carros novos seus comercializados no mundo deverá ser híbrido plug-in ou 100% elétrico. (Fotos: divulgação)

08_s vc (8)

Deixe seu comentário