16 / 08 / 2018

CR-V, a ´Katana´ mais afiada e poderosa da Honda!

16_h crv (1)

Não é mais novidade que o crescimento dos SUVs (sport utility vehicle) continua fortíssimo em todos os mercados importantes do mundo, dentre eles, o Brasil. Quem foi visionário e apostou nos utilitários esportivos, caso da japonesa Honda, se deu bem.

16_h crv (2)

A marca celebra nesse instante um número invejável para qualquer fabricante de automóveis: o seu SUV médio ´CR-V´ mantém-se firme – há duas décadas – na liderança de vendas desse tipo de carro nos Estados Unidos.

16_h crv (3)

Méritos >> A conquista é notável por várias razões: em primeiro, porque, apesar de atualmente perder em número de comercializações para a China, o mercado yankee tem os consumidores mais exigentes do planeta. Além do público comprador, o próprio governo dos EUA simplesmente não aceita em seu território, automóveis que não sejam comprovadamente seguros.

16_h crv (4)

Outro detalhe meritório dá-se em relação à concorrência. O Honda CR-V tem colocado todos os oponentes no bolso nesses últimos 20 anos, ressaltando-se que por lá são comercializadas todas as grandes marcas automotivas, dentre elas, as também nipônicas Mazda, Toyota e Nissan, além das respeitadas germânicas Audi, BMW e Mercedes-Benz, ambas com modelos que se opõem ao tradicionalíssimo Honda CR-V.

16_h crv (5)

Atualização >> O modelo que agora encontra-se na sua 5ª geração, foi atualizado em estilo, conteúdo e também na parte tecnológica. Ganhou grupos ópticos em LED, luzes diurnas (DRL) e também está mais largo e comprido do que a geração anterior.

16_h crv (6)

A Honda também fez um interessante trabalho de aerodinâmica que incluiu uma revisão no perfil do carro, a adoção de uma grade com aletas móveis (que abrem ou fecham de acordo com a necessidade de arrefecimento do motor) e também um assoalho inferior mais fechado, que facilita o fluxo de ar na parte de baixo do SUV. Todas essas soluções visam, evidentemente, a diminuição do consumo de combustível e um menor grau de emissão de gases.

16_h crv (7)

Motorização >> O chamado ´trem de força´ do Honda CR-V, a meu ver, oferece um conjunto racional para o uso urbano. O motor de 4 cilindros entrega 190 hp de potência máxima e torque de 24,5 kgf.m. A unidade trabalha em parceria com uma caixa de transmissão automática CVT com trocas continuamente variáveis. Para quebrar um pouco a monotonia dessa escalada sem trancos, é possível sentir as mudanças de marchas nas aletas posicionadas atrás do volante.

16_h crv (8)

Detalhes >> É bem perceptível o bom padrão de qualidade de acabamento interno do novo Honda CR-V. A configuração ´Touring´ é a única que a marca nipônica está trazendo ao mercado brasileiro.

16_h crv (9)

Mais completa do catálogo, tem preço sugerido (base SP, sem frete) de R$ 189.000 e oferece pacote realmente irrepreensível, com assentos forrados em couro (e com comandos elétricos para os bancos da frente), duas tomadas USB de 2,5A, freio de mão com acionamento elétrico por botão (e não por alavanca), tampa do porta-malas com abertura inteligente sem as mãos, sistema automático de cancelamento de ruídos externos, ar-condicionado para os ocupantes dos bancos de trás, diversos porta-trecos e habitáculo com arquitetura bem planejada, com espaço de sobra para quatro adultos.

16_h crv (10)

Frigir dos ovos >> O Honda CR-V ataca a concorrência com a letalidade da espada ´Katana´ mais afiada, regida com a precisão de uma batuta pelo samurai mais destemido do antigo Japão feudal. Logicamente, sua proposta não é de esportividade extrema e sim de uso com racionalidade na cidade ou estrada, voltado, por exemplo, para a família. O modelo entrega conjunto honesto com baixo custo de manutenção (apesar do valor que arranha os R$ 200.000), dirigibilidade confortável e ergonomia que não cansa.

16_h crv (11)

A versão Touring vem com painel digital e sistema de infotainment compatível com dispositivos Apple e também Android. Destaque para o ´aviso automático de fadiga´ que monitora o motorista e o avisa – inclusive com vibração no volante – o momento de parar de dirigir para descansar, evitando um acidente. Disponível nas cores branco, prata, preto e cinza, a versão também vem equipada com sistema de tração integral (4X4) sob demanda. O piloto automático é convencional, mas merecia ser adaptativo para complementar o pacote. (Fotos: divulgação Honda Brasil) 

16_h crv (12)

Deixe seu comentário