02 / 03 / 2018

I-Pace, o 1º carro 100% elétrico da Jaguar

 

02_j ip (1) 

Nesta semana que antecede o início do Salão de Genebra 2018, alguns lançamentos que serão expostos no evento suíço já começam a aparecer antes mesmo da ´avant-première´ da mostra. Um dos mais aguardados, sem dúvida, é o novo Jaguar I-Pace, o primeiro SUV médio com propulsão totalmente elétrica, feito por essa marca inglesa.

02_j ip (2)

Pioneiro >> O modelo – com espaço para cinco pessoas – reúne o máximo de tecnologia que a Jaguar consegue oferecer nesse instante e, provavelmente, abrirá um caminho para o desenvolvimento de uma linha completa de SUVs puramente elétricos ou híbridos.

02_j ip (3)

Trem de força >> O novo utilitário esportivo vem equipado com dois motores elétricos (um em cada eixo) que tracionam as quatro rodas. As unidades têm potência máxima combinada de 400 hp. Você sabe: o torque de qualquer veículo elétrico é entregue em sua totalidade desde o início da aceleração. O Jaguar I-Pace doa 70,9 kgf.m de torque, sem dúvida, um valor estupendo para qualquer carro desse porte.

02_j ip (4)

Carga >> Sua bateria de íons de lítio tem 90 kWh e 432 células. Segundo os primeiros dados técnicos divulgados pela Jaguar, o I-Pace oferece autonomia de 480 km com uma carga máxima. Falando nisso, com um sistema de carregamento rápido de 100kW é possível recarregar 80% da bateria em apenas 40 minutos. Se o recarregamento for feito numa rede doméstica, numa tomada comum de parede (que geralmente tem 7kW), serão necessárias mais de 10 horas para o recarregamento total.

02_j ip (5)

Desempenho >> A bela máquina tem performance memorável, digna de qualquer carro esportivo de pequeno porte. A alta entrega de torque capacita o I-Pace a acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos. A estabilidade do SUV é beneficiada pelo projeto minucioso de equilíbrio de massas. A distribuição exata (50% do peso em cada eixo) e o posicionamento da bateria embaixo do piso, além de um excepcional trabalho aerodinâmico, fazem do I-Pace um esportivo tão arisco quanto um Jaguar tradicional com motor a combustão.

02_j ip (6)

Tecnologia >> A parte mecânica, assim como o design e arquitetura interna são bem acertados, mas o I-Pace se destaca mesmo pelo cabedal tecnológico. Ele é o primeiro modelo da Jaguar que pode ter o software atualizado automaticamente. Isso significa que o carro poderá ter, por exemplo, o seu sistema de informação e entretenimento sempre em dia com todas as novidades da marca. O teto solar panorâmico e o sistema de suspensão eletrônica (pneumática) são opcionais.

02_j ip (7)

Frigir dos ovos >> Pela ausência de motores convencionais, tanque de combustível e transmissão tradicional, veículos elétricos têm espaço de sobra tanto na frente, quanto no meio e também na parte de trás da carroceria. E o Jaguar I-Pace não foge desse esquema comum, portanto, ele tem espaço de sobra no interior.

02_j ip (8)

Seu porta-malas é enorme: são 656 litros para as bagagens, com possibilidade de ampliação para mais do que o dobro disso com os assentos rebaixados.

02_j ip (9)

Mercado >> Não há, ainda, um horizonte muito claro sobre a expansão global das frotas de carros com combustíveis alternativos, portanto, ainda é cedo dizer se veículos elétricos e/ou híbridos ou a hidrogênio se firmarão no mercado. A cadeia petrolífera é fortíssima e emprega milhões de pessoas, além de gerar muito lucro e impostos nos quatro cantos do mundo, mas, a maioria das montadoras já incorpora, mesmo que lentamente, carros desse tipo nas suas vitrines.

02_j ip (10)

O I-Pace será exposto em Genebra, salão contido em tamanho físico, mas sempre importante como termômetro de aceitação (ou repulsa) do público em geral, principalmente o europeu, sempre com destacado poder de compra. (Fotos: divulgação Jaguar) 

02_j ip (11)

1 Comentário

  1. ALEXANDRE DOS SANTOS disse:

    Lindo.Perfeição

Deixe seu comentário