02 / 03 / 2012

Coreanos que incomodam

“Completo” e “Completíssimo”: estas são as duas versões do novo Hyundai Azera 2012 que já estão sendo revendidos aqui no Brasil. O catálogo é pequeno, mas, como a denominação já prevê, ambos trazem incrível pacote de itens de série no sedã de luxo da marca coreana.

Por causa de uma relação imbatível de custo-benefício, entre 2008 e 2011 o Azera manteve-se na liderança do seu segmento aqui no país, desbancando, por exemplo, Ford Fusion, VW Passat, Citroën C5 e até alguns modelos da Audi, BMW e Mercedes.

Luxo, conforto e beleza

Com preço realinhado (que começa em R$ 125 mil e chega aos R$ 135 mil na versão mais luxuosa), o Azera continua sendo uma interessantíssima opção nessa categoria. Para quem achava a geração anterior com aspecto envelhecido, a nova traz em sua concepção de estilo uma verdadeira aula de design moderno e de bom gosto. Todos os Hyundai da atualidade (inclusive o Veloster, que você verá no final dessa matéria) parecem estar anos-luz adiante da concorrência. Brasileiro gosta de carros bonitos e assim a marca coreana tem conquistado números significativos no mercado interno. “O novo Azera 2012 está muito mais bonito e continua oferecendo um pacote até melhor do que o da geração anterior. O motor V6 (de 270cv) está mais econômico, a qualidade do acabamento melhorou e, mesmo a versão mais barata já tem tudo o que se pode imaginar de itens de conforto e segurança”, destaca Galba Accioly Filho, representante da Hyundai para Alagoas.

Mais que completo

De fato, não há o que tirar e nem pôr nesse respeitável sedã. Confira a lista: bancos em couro; sistema de freios ABS com discos nas quatro + auxiliares BAS e EBD; controle de tração e estabilidade, som Infinity, bancos, vidros, travas, coluna de direção e espelhos com ajustes elétricos, torque de quase 29 kgf.m; Airbags frontais, laterais, de cabeça e joelhos, câmbio automático de 6 marchas, piloto automático, computador de bordo e mais uma porção de mimos que vão desde espelhinhos iluminados à incrível qualidade do carpete do chão e do teto. “O nível de ruído do Azera é tão baixo que o aparelho que mede isso, o Decibilímetro, utilizado pela Revista 4 Rodas não conseguiu captar. Além disso, o conjunto mecânico e de conforto desse carro vai muito além do que a Mercedes Classe C ou Audi A4 podem oferecer. É outra categoria por um valor realmente atraente. Para se ter uma ideia da qualidade desse novo carro, a Hyundai investiu US$ 1 bilhão nesse projeto inovador e conseguiu um design realmente diferenciado e um conjunto extremamente eficaz”, ressalta Accioly”.

[nggallery id=66]

Dinamismo

O novo Azera 2012 (que já está disponível na Hyundai Cycosa para test-drive) continua silencioso, confortável, muito bem equipado e com um desempenho capaz de fazer inveja a muitos carros esportivos. Apesar do tamanho (4,91m) e do peso (1581 kg), o sedã tem ótima desenvoltura: acelera de 0 a 100 em menos de 10 segundos e consegue (segundo dados de testes) um consumo de até 12,6 km /l em ciclos de estrada. Excepcional para um 6 cilindros, que é auxiliado pela ótima aerodinâmica da carroceria.

Irmão rebelde

Outro Hyundai que também tem provocado filas de espera (a do Azera tem chegado a 40 dias em São Paulo) é o Veloster, espécie de cupê intrigante que ostenta um design pra lá de curioso: duas portas do lado do passageiro e apenas uma na lateral do motorista. Com estilo plural, o Veloster é um esportivo de 140 hp feito para a turma jovem que está em busca de exclusividade e pouco liga para espaço interno. O modelo possui 4 lugares, mas a parte traseira é indicada apenas para crianças. O charme maior, no entanto, está na brincadeira externa que funde linhas curvas com ângulos ousados associados a um tempero completamente esportivo também no lado de dentro. O painel é envolvente e todos os códigos clássicos que inspiram velocidade estão aplicados, como pedaleiras em metal, volante compacto e mostradores com grafias simples e direta. “Há alguns dias esses dois modelos tinham até fila de espera, mas agora restabelecemos o estoque e praticamente já estamos com as entregas normalizadas. Vender Hyundai é compartilhar qualidade num nível de exigência alto com os clientes que gostam de produtos duráveis e atualizados com o mercado mundial”, finaliza Galba Accioly Filho. (Fotos: divulgação)

Deixe seu comentário