31 / 05 / 2015

Alfa Romeo Duettottanta Concept: uma bela obra de Pininfarina

31_ar dc 0001

Para marcar o seu 80º aniversário (ocorrido em 2010), o estúdio Pininfarina propôs a criação de um Alfa Romeo conversível. O legítimo ´spider´ surgiu então na época com o batismo de “Duettottanta Concept” (ou 2uettottanta Concept), numa referência à longa parceria entre a Alfa e o centro italiano de estilo automotivo e, antes disso, em homenagem ao modelo Alfa Duetto, um dos mais bem sucedidos desse fabricante europeu.

31_ar dc 0002

31_ar dc 0003

A ideia de Pininfarina era fazer o Alfa aberto ´mais emocionante e delicioso de se dirigir´. O foco do projeto mantinha o seu olhar nas pessoas que ainda gostam de sonhar com um carro que dê prazer, que tenha alma, que indique num passeio, por exemplo, uma experiência sensorial incomum. E assim foi feito. O Alfa Romeo Duettottanta Concept nasceu exalando desempenho, requinte e muita personalidade estética.

31_ar dc 0004

Aula de design >> Como não poderia deixar de ser, Pininfarina deu mais um show e criou um Alfa Romeo com desenho muito agradável. O detalhe genial é que os traços da carroceria já apontavam para o futuro em termos de concepções plásticas vindouras. O esportivo, além de comemorar os 80 anos do Estúdio Pininfarina, também homenageou o centenário da Alfa Romeo, já que a marca italiana completou 100 anos em 2010.

31_ar dc 0005

Proposta de motorização >> O objetivo do projeto, evidentemente, era oferecer força, estabilidade e muita agilidade (como em todos os Alfas), no entanto, a proposta não visava uma (ultra) performance exemplar de um carro de corridas, apenas um desempenho esportivo respeitável. Mesmo assim, o motor escolhido foi um 4 cilindros turbo de 1.750 cilindradas. Esse número (do volume do motor, 1.7 litro) também era emblemático, já que fazia uma alusão bem óbvia ao “Alfa Romeo Veloce 1750” de 1968.

31_ar dc 0006

31_ar dc 0007

Linda obra de arte >> Com um nariz longo e o habitáculo deslocado para a retaguarda da carroceria, esse elegante Alfa Romeo, apesar do desenho “limpo”, desde a sua primeira apresentação demonstrou ser um carro de forte caráter e que agradou ao público.

31_ar dc 0008

Bem cheio de tecnologia, tinha freios Brembo com ABS, discos de cerâmica e vários auxiliares, além de faróis com LEDs e possibilidade de condução em três modos: Dinâmico, Normal e All Weather, este último com adaptação automática dos vários sistemas do veículo (motor, transmissão, suspensão, direção, freios, etc…) para as demandas do motorista e as diferentes condições de condução.

31_ar dc 0009

Considerado como o “Alfa Romeo que flutua”, o Duettottanta Concept também tinha outro ponto forte: uma ergonomia irrepreensível com cockpit bem esportivo e comandos com acesso facilitado às mãos do condutor. Sem dúvida, uma das mais belas obras do famoso estúdio italiano Pininfarina. (Fotos: divulgação)

31_ar dc 0010

Deixe seu comentário