04 / 10 / 2018

////

04_pcf041018

:::::

FIM DE LINHA – Ford confirma que o veterano Focus sairá de cena. Para os mercados do Mercosul (incluindo o Brasil), o médio-compacto chegava importado da fábrica de General Pacheco (Argentina). O modelo deixará de ser fabricado em maio de 2019 e a marca norte-americana não indica sucessor pra ele.

HISTÓRICO – Com opções de carrocerias hatchback e sedã, o Focus é mais um carro que há muito tempo perdeu espaço para os SUVs. Tem vendido pouquíssimas unidades aqui no país e sofreu demais (não somente no Brasil) com a má fama do seu problemático câmbio automático ´PowerShift´, uma caixa de marchas que, inclusive, a Ford tirou de circulação também pelo alto índice de quebras. Já foi veículo bem vendido na Europa, premiado por design e famoso nas suas versões feitas para ralis. Agora ele sai de campo num momento difícil dessa tradicionalíssima marca automotiva. Atualmente a Ford amarga aqui na América do Sul, prejuízos de cerca de R$ 10 milhões por dia.

CHEGANDO A BMW esperou a abertura do Salão de Paris 2018 para apresentar ao mundo a 7ª geração do Série 3, seu modelo mais popular e carismático. O sedã esportivo agora ressurge com muito mais tecnologia a bordo, além de maior em todas as suas dimensões, com exceção da altura que permaneceu a mesma. Ele agora tem 4,71 m de comprimento (7,6 cm maior que a 6ª geração), 1,83 m de largura (+ 1,6 cm) e altura (inalterada) de 1,44 m. A distância de entre-eixos foi ampliada em 4,1 cm.

ESTILOA famosa grade em formato de “duplo rim” está maior e os grupos ópticos agora imitam o design da Série 5. A versão ´M´ (que somente será mostrada em 2019) terá as luzes diurnas em LED integradas ao para-choque dianteiro.

MAIS LEVE – O novo BMW Série 3 foi totalmente reformulado. Até o seu coeficiente aerodinâmico (Cx) baixou de 0,26 para 0,23. Além disso, por causa dos melhoramentos na concepção construtiva, ele está 55 kg mais leve e também apresenta uma rigidez torcional 50% maior do que a da geração anterior. Como todos os carros dessa marca bávara, ele oferece distribuição de peso perfeita com 50% da massa sobre cada eixo. Outra novidade: o sedã vem agora com amortecedores adaptativos que possibilitam um uso esportivo ainda mais intenso, mas sem comprometer o conforto.

POR DENTRO – O fabricante garante que agora há mais espaço para pernas, braços, etc… O espaço interno foi ampliado, mas a capacidade do porta-malas foi mantida em 480 litros. Destaque vai para a tecnologia com o novo “BMW Live Cockpit Professional”. Há a possibilidade de escolha de um display de 10,3 polegadas que atua como um prolongador do painel de instrumentos digital que tem 12,3 polegadas. O sistema de infoentretenimento do novo Série 3 é tão bom quanto o do Série 5, podendo ser operado por voz, gestos ou toques.

MOTORES – Para o mercado europeu haverá seis opções de motorização a gasolina e óleo diesel, com potências variando entre 150 e 265 hp. A marca promete o lançamento da versão ´M-340i´ (a mais esportiva da gama) com suspensão especial e tração integral. O motor será um 3.0 de 6 cilindros com 374 cv de força máxima. Mas a família ainda tem um integrante híbrido plug-in que se chamará “330e”. Esse terá 292 hp de potência e autonomia de 60 quilômetros quando utilizado puramente em modo elétrico.

CONCORRÊNCIA – O BMW Série 3 é o grande oponente do Mercedes-Benz C180. Com todas essas novidades, a MB deverá ficar de orelha em pé nas vendas, já que o Classe C – ao menos nesse instante – ficou defasado em relação ao rival. Mas como para todas essas ações sempre há uma reação…, vamos aguardar o que Mercedes-Benz está preparando para se manter na briga dentro desse importantíssimo segmento de sedãs compactos tidos como ´premium´ pelo mercado. O novo BMW Série 3 2019 somente será lançado oficialmente em março de 2019.

Deixe seu comentário