02 / 08 / 2012

Citroën DS3: mobilidade com diversão garantida e adrenalina de sobra

Certa vez perguntaram a um adulto que brincava com um carrinho de controle remoto: – “Você não teve infância?!” E o abastado menino-grande respondeu: – “Infância eu tive. Só não tive dinheiro!” Bem de consumo que mexe com o imaginário humano, o carro é um dos sonhos mais cobiçados pela maioria das pessoas que almejam independência nas suas locomoções.

Relação peso-potência do compacto é de 7 kg por ´hp´

Problema curioso (e paradoxal) reside no travado trânsito de cada dia, que vai de encontro à evolução tecnológica, já que os congestionamentos não permitem o uso efetivo de tudo aquilo que um veículo moderno pode oferecer. Pela lógica cotidiana, a escolha mais correta seria um automóvel de baixa cilindrada, força média e câmbio automático. E só. O detalhe é que a escolha de veículos (principalmente os esportivos) quase sempre é feita pela emoção. O Citroën DS3, compacto agradabilíssimo de se guiar, se encaixa perfeitamente numa fábula desse tipo e ele pode, sim, ser aquele brinquedinho que você tanto sonhou, mas não teve condições de adquirir nas épocas das vacas magras.

Volante com base achatada e pedais em metal: códigos clássicos de esportividade

Duro na queda >> O DS3 é firme, com molas e amortecedores de curso limitado. A suspensão é toda acertada para quem deseja fazer curvas mais acentuadas elevando os níveis de adrenalina. Se você quer a maciez tradicional de um carro que aderna a carroceria…, esqueça o DS3, pois ele é teimoso em manter-se em equilíbrio.

Motor BMW turbo: ronco esportivo e 165 cv de pura alegria

Motor >> O sangue que corre no coração deste Citroën é da mesma linhagem de outros modelos da Peugeot, mas que no fundo, e apesar de equipar essas duas marcas francesas, nasceu na Alemanha. O fabuloso projeto da BMW é o que há de mais atraente no DS3. A unidade é formada por quatro cilindros em linha, 1.600 cm³ e 16 válvulas. O conjunto doa (mais do que necessários) 165 cv de potência e 24,5 kgf.m de torque. O modelo pesa 1.165 kg. Divida isso por 165 e terás uma agradável relação peso-potência de apenas 7 kg para cada hp, coisa rara na maioria dos veículos que a maior parte das pessoas terá a oportunidade de guiar em suas vidas.

Porta-malas comporta 280 litros: suficiente para dois adultos

Comportamento >> O DS3 é pequeno, bem equipado e extremamente bem acertado para uma condução esportiva. Pouco adequado para meninos imberbes, pelo excesso de prazer que tem a oferecer. Manso em baixas rotações, mostra o seu lado bipolar, por exemplo, em terceira marcha quando o giro começa a passar das 3.500 rpm´s. Por aí, o delicioso caracol da alegria (o turbocompressor de alta pressão) começa a invadir a pulsação do carismático DS3. Nesse instante verás porque os freios (a disco nas 4 rodas) são tão bem equacionados para estancar a euforia. Rápido, compacto, fácil de estacionar e ágil em desvios ele é bem mais agradável que o BMW Mini e Audi A1, ambos já testados por essa editoria. No quesito charme, também não fica atrás e entra em nível 8,8 no medidor de paquerômetro.

Faróis com LEDs são bem eficazes

E aí, vai comprar? >> Sinceramente, dessa vez não consigo avaliar se ele vale os R$ 85 mil que a revenda francesa pede, visto que, volto ao sonho de infância, e essas coisas meio que desequilibram aquilo que podemos entender como relação custo-benefício. A máquina vem com direção elétrica, requinte no acabamento, rodas de liga leve com aro 17”, interior com versão em couro ou com o moderninho tecido ´Alcântara´ (mais adequado ao calor alagoano), faróis com LEDs laterais, ar-condicionado digital automático, sistema de som completo (CD; MP3; USB; Bluetooth…); volante com acabamento em couro e com base achatada, dentre outros detalhes personalizáveis, que vão de adesivos no teto ao aplique colorido no painel, manopla de câmbio e tampinha das rodas. Os freios são dotados de ABS com auxiliares EBD e AFU e há, também, controle eletrônico de estabilidade, ASR (antipatinagem), seis airbags e (ótimos) pneus Michelin.

Na tampa do porta-malas logotipo especial para o DS3

Enfim… >> O sonho (que atinge máxima de 219 km/h) pode vir em oito cores distintas. Os dados técnicos indicam que ele comporta até cinco pessoas, mas a verdade é que dois adultos e, no máximo, uma criança, já completam a tripulação desse aviãozinho sobre rodas. O porta-malas comporta 280 litros e o câmbio é manual de 6 marchas, o que nesse caso, é uma diversão a mais.

1 Comentário

  1. DANIEL BARROS disse:

    Eu fiz o teste drive, show de bola, é um foguetinho!!!!

Deixe seu comentário