05 / 09 / 2018

EQC 400 4Matic, o SUV 100% elétrico da Mercedes

05_mb eqc (1)

A Mercedes-Benz apresentou esta semana à imprensa especializada, a sua mais recente novidade. O EQC 400 4Matic é o primeiro SUV 100% elétrico da marca alemã. O modelo certamente será uma das maiores atrações do próximo Salão de Paris. Falando nesse evento francês, curiosamente, essa versão definitiva para produção é praticamente idêntica ao carro-conceito exibido nesta mesma exposição em 2016

05_mb eqc (2) 05_mb eqc (3)

Desenho >> Como em qualquer projeto de carro elétrico, a preocupação maior é a parte aerodinâmica. Por exemplo: não são necessárias aquelas enormes entradas de ar que servem para a refrigeração de um motor comum à combustão, daí a parte frontal desse Mercedes ser muito amenizada em arranjos desse tipo.

05_mb eqc (4) 05_mb eqc (5)

Medidas >> O primeiro SUV elétrico da marca germânica tem dimensões grandiosas para quatro ocupantes, mas não é um utilitário esportivo de tamanho gigante. Com um comprimento de 4,7 m, ele fica exatamente no meio dos seus ´irmãos´ GLC (que mede 4,6 m) e GLE (4,8 m).

05_mb eqc (6) 05_mb eqc (7)

A altura também é nivelada com os outros SUVs tradicionais da MB: 1,62 m do EQC contra 1,79 do GLE. Os designers e engenheiros conseguiram um feito espetacular nesse aspecto, afinal de contas, eles alojaram sem problemas a enorme bateria de 80 kWh e 650 kg no assoalho do veículo.

05_mb eqc (8)

Trem de força >> Nesta versão 400, o modelo alemão vem equipado com dois motores de 150 kW (equivalente a 204 hp): um vai no eixo frontal e o outro, na traseira, totalizando 408 hp de potência máxima. O torque excepcional (obtido desde o primeiro momento de aceleração) beira os 77 kgf.m, cerca de 12 kgf.m a mais do que o modelo GLC 63 AMG. O fabricante atesta que ele terá autonomia de 450 quilômetros a partir de uma carga cheia.

05_mb eqc (9) 05_mb eqc (10)

Quando chega? >> A Mercedes-Benz diz que o novo SUV já foi totalmente testado, mas somente começará a ser fabricado e distribuído nas concessionárias no final de 2019. Dados oficiais como preço e o tempo total de recarga da bateria ainda não foram anunciados. A marca resumiu-se a dizer que o modelo será capaz de sair da imobilidade aos 100 km/h em apenas 5,1 segundos, atingindo velocidade máxima de 180 km/h. (Fotos: divulgação MB) 

05_mb eqc (11)

Deixe seu comentário