03 / 01 / 2019

Fenabrave divulga números de vendas no Brasil em 2018

A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgou nesta quinta-feira (3/1) os emplacamentos de todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos) que apresentaram alta acumulada de 13,58% em 2018, somando 3.653.500 unidades, ante as 3.216.730 registradas em 2017. Em dezembro, o setor manteve o ritmo de retomada nas vendas de todos os segmentos somados, e registrou alta de 3,36% ante novembro, totalizando 331.153 emplacamentos, contra 320.397 unidades no mês anterior. Já com relação a dezembro de 2017, quando foram licenciadas 301.240 unidades, houve crescimento de 9,93%.

Alta de 13,74% >> Conforme os dados apresentados pela Fenabrave, a soma dos segmentos de automóveis e comerciais leves apresentaram crescimento de 13,74% no acumulado de 2018 sobre 2017. Ao todo, foram emplacadas 2.470.654 unidades desses segmentos, em 2018, contra 2.172.192, em 2017. Já no mês de dezembro de 2018, as 225.001 unidades licenciadas representaram crescimento de 1,67%, se comparadas ao mês de novembro, que registrou 221.304 unidades emplacadas. Com relação a dezembro de 2017, os 204.823 automóveis e comerciais leves comercializados representaram avanço de 9,85%.

Crescimento >> Para o segmento de caminhões, o ano de 2018 totalizou 76.431 unidades emplacadas, o que significa uma alta de 46,79% sobre o ano de 2017. Em que pese uma base comparativa baixa, em função da forte retração desse segmento durante a crise econômica.

Motocicletas >> Depois de 10 anos de queda, o segmento de motocicletas teve uma retomada com um crescimento de 10,47% no acumulado até dezembro, totalizando 940.362 unidades emplacadas. Os setores de Tratores e Colheitadeiras também apresentaram avanço em 2018.

Previsões >> Com expectativas moderadas, a Fenabrave acredita na manutenção do clima favorável às vendas, para todos os segmentos automotivos em 2019. De acordo com as projeções da entidade, o setor em geral deverá apresentar crescimento de 10,1% com relação a 2018. Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, a expectativa é de alta de 11% sobre os resultados de 2018; já para caminhões e ônibus, a projeção de crescimento é de 15,9 %, sendo 15,4% para caminhões e 17,9% para ônibus. Para implementos rodoviários, a expectativa é crescer 8,8% em 2019. O segmento de motocicletas, que vinha sofrendo sucessivas quedas desde a crise de 2008 e encerrou 2018 com aumento de 10,47%, poderá apresentar alta estimada em 7,3% em 2019. Para tratores, a previsão é de alta de 1,15% e, para colheitadeiras, a estimativa de crescimento é de 1,85%. (Fotos: Google free; iStock/Getty Images) / Texto: assessoria de imprensa Fenabrave / Instagram: @acelerandoporai)

Deixe seu comentário