14 / 04 / 2018

Novo Nissan Terra é lançado na China

 

A demanda por carros com capacidade off-road e tração integral (4X4) tem crescido no mercado asiático. Com forte atuação no Oriente, a japonesa Nissan iniciou esta semana na China as vendas do novo “Terra”, seu utilitário esportivo baseado em chassi tradicional. O modelo é derivado do Patrol, um ´topa tudo´ criado pela Nissan para uso militar severo.

Estrutura tradicional >> O modelo vem montado sobre um chassi tipo ´escada´, reforçado para dar maior rigidez torcional ao SUV. Segundo a marca, sua suspensão traseira é composta por molas e eixo rígido, garantindo um pouco mais de conforto aos ocupantes, mesmo em uso fora da estrada. O novo Terra traz sistema de bloqueio do diferencial e também o ´controle inteligente de descida´, que ajuda a manter velocidade em situações íngremes.

Trem de força >> Com 22,5 cm de distância do solo, a carroceria é movimentada por um motor a gasolina de 4 cilindros e 2.500 cm³. A unidade desenvolve 182 hp de potência e 25,6 kgf.m de torque. Com bom pacote tecnológico, o Nissan Terra já vem com alerta inteligente de mudança de faixa, monitoramento de ponto cego, detector de objetos em movimento e assistente inteligente de emergência.

Estilo >> Na parte estética, o utilitário já condensa todos os códigos globais de design da marca, como por exemplo, a chamada ´grade V-Motion´, hoje, uma das características mais fortes dos veículos da Nissan. Os grupos ópticos já são compostos de LEDs e as rodas de liga leve têm 18 polegadas. A marca nipônica enfatiza o espaço interno para até cinco pessoas. O modelo oferece sistema completo de ´infotainment´ com direito à tela multifuncional com navegação e espelhamento de smartphones.

Paleta de cores >> O Nissan Terra está equipado com sete airbags e é oferecido em seis cores: Ouro Metálico, Branco Pérola, Marrom Pérola Metálico, Prata Metálico, Preto Sólido e Vermelho Sólido. A marca comenta que, depois da China, o Nissan Terra chegará a outros mercados da Ásia ainda este ano, mas não fala sobre a importação do modelo ao Brasil. (Fotos: divulgação) 

Deixe seu comentário