11 / 08 / 2017

RLX, o sedã mais luxuoso da japonesa Acura

11_a rlx (1)

A Acura (subsidiária de alto luxo da Honda), revelará na semana que vem em Pebble Beach (Califórnia/EUA), o mais novo RXL ano/modelo 2018. O sedã esportivo – que é o melhor que a marca pode oferecer na atualidade – foi redesenhado e ganhou alguns adendos novos de tecnologia.

11_a rlx (2)

Desenho >> A marca nipônica escolheu a prestigiada semana automotiva na península de Monterey, para exibir as novas soluções em design que apontam para mudanças em toda a linha futura da Acura. Uma das alterações mais significativas é a nova grade do radiador em formato de diamante. O modelo também está com o capô mais esculpido, ganhou novas rodas, lanternas traseiras com LED e saída dupla de escapamento.

11_a rlx (3)

Motorizações >> O novo RLX 2018 está ainda mais sofisticado e com melhor desempenho, já que recebeu a tecnologia de tração nas quatro rodas e opção de trem de força híbrido, idênticos aos aplicados no superesportivo Acura NSX.

11_a rlx (4)

A versão tradicional oferece motorização 3.5/V6 a gasolina com 310 hp de força total e caixa de câmbio automática de 10 marchas. Mas para quem quer um pouco mais de desempenho e também mais economia, há a opção híbrida com motor à combustão e mais três motores elétricos, tração integral e 377 cv de potência máxima.

11_a rlx (5) 11_a rlx (6)

Conforto >> O sedã agora refeito e melhorado está com um pacote de série ainda mais completo, que inclui sistema de áudio Krell premium, câmera Surround View, sensores de estacionamento frontal e traseiro, luzes de neblina em LED, partida remota do motor, assentos dianteiros e traseiros ventilados e aquecidos, sistema de piloto automático adaptativo semiautônomo, freios autônomos e aviso de saída de pista.

11_a rlx (7) 11_a rlx (8)

Tabela >> Agora é que surgem as diferenças em relação ao Brasil. Esse veículo só chega no mercado nacional via encomenda; e os preços desse carro lá fora, em países como os Estados Unidos e Japão, aonde os impostos não são abusivos como aqui, não são tão assustadores para um carro desse nível que concorre com Mercedes-Benz Classe E e BMW Série 5, por exemplo. Na Europa ele estará à venda a partir de novembro por US$ 54.450 (versão tradicional) e US$ 59.950 (híbrido). (Fotos: divulgação)

11_a rlx (9)

Deixe seu comentário