21 / 09 / 2018

VW lança Jetta 2019 com a nova plataforma MQB

21_vw j 001

Há mais ou menos um ano que os executivos da Volkswagen (no mundo inteiro) passaram a se referir à empresa como ´Nova Volkswagen´. Celebram, portanto, um momento de renovação, de aumento de vendas e mudanças de conceitos.

21_vw j 002

Entre janeiro e agosto desse ano, por exemplo, a VW já comercializou mais de 4 milhões de veículos (vendas gerais) e comemora dados animadores na América do Sul: o Brasil e o Chile cresceram, respectivamente, 33% e 60% nas vendas em relação aos oito primeiros meses de 2017.

21_vw j 003

Novos produtos >> A marca alemã promete vários lançamentos até 2020, dentre eles, um carro elétrico (I.D Neo), cinco novos SUVs e outros modelos de categorias distintas. Nesse instante a fabricante está injetando R$ 7 bilhões nos mercados aonde atua e continua renovando o seu portfólio.

21_vw j 004

Dentro do pacote de novidades está o Jetta (ano/modelo 2019). O sedã médio/compacto concorre aqui no Brasil basicamente com três carros: Chevrolet Cruze, Honda Civic e, principalmente, Toyota Corolla.

21_vw j 005

Inovação >> A diferença principal dessa 7ª geração em relação a anterior é a concepção construtiva completamente diferente. O novo Jetta 2019 já vem montado na chamada “Estratégia Modular MQB”. Essa plataforma – mais leve, forte e versátil – já serve a outros modelos da VW, como o Golf, Tiguan, Polo/Virtus. Dessa forma, o sedã cresceu em todas as direções e inclusive está com uma distância entre-eixos maior em 3,7 centímetros. Pode parecer pouco, mas a medida representa um pouco mais de folga para as pernas de quem vai sentado no assento de trás.

21_vw j 006

Detalhes e preços >> A 7ª geração do Jetta é fabricada em Puebla (México). Veja a manobra: o motor flex 1.4 TSi (turbo com 150 hp) é feito no Brasil e exportado para lá, aonde encontra a carroceria e as outras partes. O carro volta pra cá sendo ofertado em duas versões: Comfortline (R$ 109.990) e R-Line (R$ 119.990). Esses preços são sugeridos pela fabricante para o mercado de São Paulo, sem frete incluso. Ambas as versões vêm com seis airbags e câmbio automática de seis marchas fornecida pela japonesa Aisin. Em resumo, o novo Jetta 2019 é mais um carro global da Volkswagem, já que essa configuração vendida por aqui é idêntica em todos os outros mercados.

21_vw j 007

Conjunto equilibrado >> Guiei o Jetta pelas estradas de São Paulo com quatro pessoas a bordo (+ as suas respectivas bagagens), portanto, com carga elevada. As duas novas versões somente virão com essa motorização 1.4 TSi. A unidade é a mesma que equipa o Golf 1.4 e tem 150 hp de potência máxima e torque de 25 kgf.m.

21_vw j 008

O conjunto é bem silencioso e as trocas do câmbio automático são muito suaves, podendo ser acionadas de maneira manual na própria alavanca de câmbio. A versão Comfortline (configuração que testei) não oferece as aletas de trocas atrás do volante. Há quem goste e use. Particularmente, acho coerente a inexistência delas em carros com transmissão automática. A ausência das ´borboletas´ não me incomoda, mas certamente isso será uma reclamação no showroom das concessionárias VW. Um detalhe frustrante é que, ao menos nesse instante, o Jetta não será vendido com o vigoroso motor 2.0 TSi, o mesmo que equipa o Golf GTi. Esse propulsor, sim, é o instigador de emoções e que completa esse conjunto de maneira primorosa.

21_vw j 009

No geral >> Além da mudança geral no design externo e alteração completa na arquitetura interna, o novo Jetta 2019 vem com excelente pacote tecnológico. Os grupos ópticos são de LED de série para as duas versões, mas no degrau superior há ainda mais segurança e requinte, com diversos itens que agradam e que, na sua maioria, não estão presentes na concorrência. São eles: painel de instrumentos digital e personalizável; ACC (controlador adaptativo de distância e velocidade); assistente de descida de rampa; faróis auxiliares direcionais; controlador automático do feixe de farol alto oponente; ar-condicionado digital de duas zonas; bloqueio eletrônico do diferencial, sistema Start/Stop, função de frenagem de manobra (impede que você colida em algo ou alguém dando marcha a ré); piloto automático adaptativo, frenagem autônoma em baixa e alta velocidade, além de freio automático pós-colisão.

21_vw j 010

Cores >> A Volkswagen oferece o Jetta no mercado brasileiro nas seguintes opções de cor: Branco Puro, Preto Ninja e Vermelho Tornado (sólidas), Prata Snow e Cinza Platinum (metálicas) e Preto Mystic (perolizada). O modelo conta com três anos de garantia de fábrica (sem limite de quilometragem) e a VW oferta gratuitamente as três primeiras revisões (10, 20 e 30 mil KM). O porta-malas do Jetta foi mantido com 510 litros de capacidade e as rodas são de liga leve com 17 polegadas. (Fotos: divulgação Volkswagen)

21_vw j 011

Deixe seu comentário