11 / 03 / 2018

Carros e drones: Ford faz pesquisa sobre o tema

A Ford criou um grupo de pesquisa para desenvolver a integração entre os carros e os drones, também chamados tecnicamente de “pequenos veículos aéreos amadores não tripulados”. A empresa automotiva quer explorar o potencial dessa tecnologia que vem crescendo rapidamente. Uma equipa da Ford nos Estados Unidos criou uma plataforma de desenvolvimento customizável que permite testar diferentes configurações do equipamento, seja para uso como hobby ou ferramenta de trabalho.

11_f d 01

A plataforma modular contém os recursos básicos exigidos num drone, como controlador de voo, computador de bordo e fator de forma parametrizado. Com ela, os pesquisadores podem testar novos conceitos de formato, distribuição de peso, materiais, estrutura e interface do usuário sem precisar partir do zero. O objetivo é, no futuro, torná-la uma plataforma de código aberto para que outros possam usá-la. Somente nos EUA, segundo a Administração Federal de Aviação (FAA), o número de drones deve crescer de 1,9 milhão para 4,3 milhões em 2020.

11_f d 02

Regulamentação >> A tecnologia vem se popularizando, mas ainda está só no começo. Um grande obstáculo para os drones se tornarem ferramentas de trabalho verdadeiramente eficientes é a definição das normas legais, incluindo o voo sobre pessoas e fora do campo visual. A Ford é a única fabricante de automóveis a fazer parte do Comitê Regulador de Aviação da FAA, que está desenvolvendo essas normas nos EUA. (Fotos: divulgação)

Deixe seu comentário