31 / 01 / 2018

Honda melhora o sistema de freios da CG 160 Cargo

Desde 2015 que a Honda lançou a primeira moto de baixa cilindrada do mundo (CG 150 Titan) com o sistema de freio CBS (Combined Break System). O esquema mecânico possibilita uma estabilidade muito maior nas frenagens, já que é possível se obter uma dosagem de força mais equilibrada nas duas rodas, principalmente em casos de emergência, aonde não há muito tempo do condutor acionar os freios dianteiro e traseiro com tanta eficácia.

31_h160 c 01

Como funciona? >> Agora a marca nipônica adotou, também, o ´CBS´ no modelo CG 160 Cargo, uma das opções mais interessantes vendidas no Brasil para uso de fadiga extrema. Seu projeto é voltado a profissionais liberais e frotistas que necessitam de resistência aliada ao baixo custo de manutenção. A segurança proporcionada por este sistema oferece redução efetiva na distância de frenagem. Segundo a Honda, ao se acionar 100% o curso do pedal de freio traseiro, a frenagem é total na traseira e ao mesmo tempo de até 30% na dianteira. O manete de freio, por sua vez, permanece acionando somente o disco dianteiro.

31_h160 c 02

Motorização >> A Honda CG 160 Cargo é equipada com um propulsor monocilíndrico bicombustível FlexOne de quatro tempos e com injeção eletrônica PGM-FI. A unidade de 162,7 cm³ entrega potência máxima de 15,1 cv quando abastecida somente com álcool; e o torque máximo é de 1,54 kgf.m.

31_h160 c 03

Outras características >> O tanque de combustível tem capacidade para 16,1 litros e o cavalete central é outro equipamento padrão nesse modelo, que permite o estacionamento com maior estabilidade em condições de carga plena e também em pisos irregulares. A Honda CG 160 Cargo (ano/modelo 2018) será comercializada exclusivamente na cor branca e seu preço sugerido é de R$ 8.990 (base São Paulo, sem frete). A marca japonesa assegura garantia de três anos sem limite de quilometragem e óleo grátis em sete revisões. (Fotos: divulgação) 

Deixe seu comentário