14 / 06 / 2017

XF Sportbrake, a espetacular perua da Jaguar!

14_j s (1)

Pouco usual no mercado brasileiro, até diria, em vias de extinção, a carroceria do tipo ´perua´ (ou sw, do inglês, station wagon) faz muito sucesso no mercado europeu e também nos Estados Unidos. Com traços extremamente elegantes, a Jaguar colocou no mercado a bela XF Sportbrake.

14_j s (2)

O modelo deriva do sedã com o mesmo nome, com a vantagem de oferecer muito mais espaço interno, principalmente para bagagens. Seu porta-malas oferece 565 litros de área, com possibilidade de ampliação para 1.700 litros quando os assentos traseiros são dobrados.

14_j s (3) 14_j s (4)

Fusão de conceitos >> A máquina inglesa é uma combinação de design esportivo (bem característico da Jaguar) com uma dinâmica de condução e tecnologias avançadas. O ponto forte em relação ao sedã, evidentemente, é o belo desenho e a praticidade de poder transportar a família com malas e apetrechos esportivos com total folga. O interior oferece acomodações espaçosas inundadas de luz natural a partir do teto panorâmico de 1,6 m².

14_j s (5) 14_j s (6)

Estrutura >> O novo Jaguar XF Sportbrake é totalmente feito em alumínio e a versão mais pesada tem 2.000 kg. A marca inglesa oferece opção de tração integral, que beneficia o uso em pisos escorregadios, como a neve tão presente na Europa e EUA, por exemplo.

14_j s (7) 14_j s (8)

Para equilibrar a massa do veículo de maneira exata (50% no eixo dianteiro e 50% no traseiro) a Jaguar adotou uma tampa de polímero para o porta-malas. A suspensão tem amortecedores eletrônicos (que monitoram o piso 500 vezes por segundo) e trabalham associados às molas e bolsas de ar. O conjunto é autonivelante e garante a “compostura” da carroceria mesmo quando ela estiver totalmente carregada.

14_j s (9)

Mais emoção >> O sistema ´Configurable Dynamics´ (opcional) permite que o motorista ajuste as configurações para a direção, transmissão e acelerador. Os amortecedores também podem ser adaptados para uma condução mais dinâmica ou em padrão máximo de conforto. É possível, também, eliminar quase todos os filtros eletrônicos a fim de se obter o maior prazer oriundo das respostas do câmbio e acelerador.

14_j s (10)

Motores >> A gama de propulsores é ampla e inclui três motores de 4 cilindros 2.0 a diesel e um fenomenal V6 de 3.000 cm³. As unidades Ingenium 2.0 saem com 163, 180 e 240 hp de força máxima. Já o motor V6/3.0 doa 300 cavalos e 70 kgf.m de torque. A Jaguar também oferece um motor 2.0 a gasolina de 250 hp e 36,5 kgf.m de torque máximo.

14_j s (11)

Todos eles vêm com a uma transmissão automática ZF de oito velocidades, mas há uma opção de caixa de câmbio manual de seis marchas para a versão mais simples movida a diesel. (Fotos: divulgação)

14_j s (12)

Deixe seu comentário