07 / 12 / 2018

JLR, Volvo e Ford não estarão no Salão de Genebra 2019

Muitas empresas tradicionais do setor automotivo têm se questionado sobre a eficácia em termos de retorno (custo/benefício) nas exposições de veículos em salões de automóveis. O conglomerado Jaguar Land Rover (JLR), por exemplo, que é controlado pelo grupo indiano Tata Motors, atualmente enfrenta um momento de queda nas vendas, pois a procura por carros com motores a diesel (maioria no seu portfólio) tem diminuído bastante na Europa. E como a queda nas negociações significa menores lucros…, a ordem é economizar nos mínimos detalhes.

Uma das primeiras medidas, anunciada nesta sexta-feira (7/12) pela imprensa indiana, será o corte do estande da JLR no Salão de Genebra, um dos mais tradicionais do mundo e que acontecerá entre 7 e 17 de março do ano que vem, na Suíça. Atualmente a Jaguar não tem nenhuma grande novidade a apresentar e a Land Rover fez, recentemente, um evento na Inglaterra para exibir a nova geração do Evoque, portanto, ficarão de fora da mostra em Genebra.

A Ford (que passa por um instante de extrema economia de custos) e a Volvo Cars também já confirmaram que não vão expor seus carros nesse salão. (Fotos: divulgação JLR/Ford/Volvo / Texto: Fábio Amorim / Siga o nosso Instagram: @acelerandoporai / Contato via eMail: amorim911@gmail.com) 

Deixe seu comentário